Revista Emoções - A revista do Sertão Central
Banner Topo
isabelly

isabelly

E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

O titular da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), delegado André Costa, afirmou que o Ceará ''não vai resolver sozinho'' a crise na segurança. Nesta sexta-feira (06), a pasta divulgou o número de homicídios no estado no mês de setembro, que mostrou uma  escalada da violência em todas as regiões do estado. Em Fortaleza triplicou o número de assassinatos em relação a setembro de 2016.

''Nós não vamos resolver o problema da violência sozinho é preciso um plano nacional de segurança porque a violência está crescendo em todos os estados'', afirmou o secretário.

Em todo o Ceará, foram 461 assassinatos em setembro, um aumento de 107% em relação ao mês de 2016, quando o estado registrou 222 homicídios. Houve aumento no número de mortes na região Metropolitana, com 124 mortes e um crescimento de 138%; interior nortes, onde o aumento foi 59%, com 75 mortes; e no interior sul, 89 homicídios, 34% a mais que em setembro do ano passado.

De acordo com o André Costa, 47% das mortes são por envolvimento de facções criminosas e 84% são de pessoas envolvidas com consumo ou tráfico de drogas.

Um levantamento da SSPDS mostrou também 80% dos homicídios ocorrem em 40% dos territórios urbanos. Como estratégia para reduzir os homicídios, a segurança foi reforçada nesses pontos. ''Estamos fazendo um policiamento bem ostensivo nessas áreas, onde já tivemos uma redução em 50% de agosto pra setembro'', diz Costa.

A violência em números.

Ceará registra 3.696 homicídios de janeiro a setembro de 2017. Foram 461 assassinatos apenas em setembro. Fortaleza é a região mais violenta, com 173 mortes em setembro. O Ceará te 44.423 boletins registrados por furtos neste ano. Os ataques a bancos e caixas eletrônicos tiveram redução de 20% no ano. A apreensão de entorpecentes quase triplicou no ano, chegando a 5,8 toneladas em 2017.

 

Pelo menos seis crianças morreram queimadas em uma creche em Janaúba, no Norte de Minas, na manhã desta quinta-feira (5). Segundo informações da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, o guarda do Centro Municipal de Educação Infantil Gente Inocente, no Bairro Rio Novo, jogou álcool em algumas crianças e nele mesmo, em seguida ateou fogo. Ele está no hospital em estado grave.

Duas unidades do Samu de Janaúba estão no local e equipes de cinco cidades do Norte de Minas estão se deslocamento para atendimento da ocorrência.

O número de feridos ainda não foi divulgado, mas, segundo a assessoria do Hospital Regional de Janaúba, cerca de 40 pessoas, entre crianças e adultos, deram entrada na unidade de Saúde. Alguns com ferimentos graves.

A Polícia Militar informou que uma aeronave da PM está no local para socorrer as vítimas. Ainda segundo a PM, um avião do governo do Estado está saindo de Belo Horizonte para Janaúba para socorrer as vítimas até o Hospital João XXIII, na capital mineira, que é referência em tratamento de queimaduras em Minas.

Pelo menos seis crianças morreram queimadas em uma creche em Janaúba, no Norte de Minas, na manhã desta quinta-feira (5). Segundo informações da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, o guarda do Centro Municipal de Educação Infantil Gente Inocente, no Bairro Rio Novo, jogou álcool em algumas crianças e nele mesmo, em seguida ateou fogo. Ele está no hospital em estado grave.

Duas unidades do Samu de Janaúba estão no local e equipes de cinco cidades do Norte de Minas estão se deslocamento para atendimento da ocorrência.

O número de feridos ainda não foi divulgado, mas, segundo a assessoria do Hospital Regional de Janaúba, cerca de 40 pessoas, entre crianças e adultos, deram entrada na unidade de Saúde. Alguns com ferimentos graves.

A Polícia Militar informou que uma aeronave da PM está no local para socorrer as vítimas. Ainda segundo a PM, um avião do governo do Estado está saindo de Belo Horizonte para Janaúba para socorrer as vítimas até o Hospital João XXIII, na capital mineira, que é referência em tratamento de queimaduras em Minas.

Madonna postou um vídeo fofo das filhas Stelle e Estere cantando e dançando no carro. A música escolhida? “Olha a explosão”, de Mc Kevinho!

Na legenda do vídeo, publicado no Instagram da cantora na manhã desta quarta-feira (4), Madonna escreveu: “Treinando nosso português”.

Kevinho logo republicou o vídeo e comemorou: “Zerei a vida! Me sentindo honrado em ver a família da rainha do pop Madonna curtindo nosso funk! Que Deus abençõe cada vez mais todos nós músicos brasileiros para continuar levando um pouco da nossa cultura para fora do país”, escreveu o cantor.

Recentemente, a cantora se mudou para Portugal e comprou uma cada de US$ 9 milhões nos arredores de Lisboa. Uma das razões que levaram a pop star a Lisboa é que seu filho David Banda, de 11 anos, começou a treinar futebol na academia juvenil do Benfica, de acordo com o time.

Stephen Paddock, autor do massacre a tiros que deixou 59 mortos e mais de 500 feridos ,transportou 23 armas de longo alcance para um quarto no hotel Mandalay Bay em dez malas ao longo de dias.

As informações foram divulgadas xerife do Condado de Clark, Joseph Lombardo, e citadas pela Associated Press e pela CNN. Os detetives investigam agora pessoas que possam estar envolvidas na venda das armas usadas no ataque - o mais letal envolvendo armas de fogo na história dos EUA.

 

Chris Sullivan, dono de uma loja chamada Guns & Guitars publicou um comunicado afirmando que Paddock era um cliente que "cumpria todas as verificações de antecedentes e procedimentos necessários", e disse que seu estabelecimento coopera com a investigação.

"Ele nunca deu nenhuma indicação ou motivo para acreditar que ele era instável ou inapropriado [para a compra de armas] a qualquer momento", disse Sullivan, sem especificar quantas ou quais modelos de armas o atirador comprou em sua loja.

 

De acordo com fontes que falaram à Associated Press em condição de anonimato, alguns dos rifles tinham cursores de mira, e suspeita-se que Paddock tenha modificado algumas armas para torná-las totalmente automáticas.

 

Especialistas ouvidos pelo G1 acreditam que os calibres das armas disparadas pelo atirador são feitas possivelmente para dois tipos de atividade: caça de animais selvagens e guerras. Considerando os sons registrados nos vídeos e a distância dos disparos, eles dizem que as armas de fogo utilizadas usam calibres pesados e com alto poder destrutivo.

Durante o mês de outubro, a Prefeitura de Uberaba e o Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (HC-UFTM) vão promover diversas ações em comemoração à campanha "Outubro Rosa", com o objetivo conscientizar sobre o câncer de mama e a importância de sua detecção precoce. A assessoria do Hospital Dr. Hélio Angotti, instituição referência em tratamento de câncer na região, informou que o cronograma de atividades deve ser divulgado nos próximos dias.

Na rede municipal, as atividades vão ocorrer todos os dias do mês em todas as Unidades de Saúde. Entre elas, estão os pedidos de agendamento e entrega de pedidos de mamografia, palestras na sala de espera, e busca ativa das mulheres na comunidade. Na Unidade Matricial de Saúde (UMS) Boa Vista, uma ação de Educação em Saúde, com o tema “Saúde da Mulher”, será realizado na sala de espera.

As palestras serão realizadas todos os dias pela manhã. Na Unidade de Saúde da Família (USF), na comunidade rural Baixa, também vai ocorrer divulgação das ações e atividades na comunidade, decoração da unidade, coleta de exame e solicitação de mamografia. A programação completa da Prefeitura está disponível aqui.

No HC-UFTM, a fachada do complexo hospitalar e dos ambulatórios receberam elementos decorações e iluminação na cor rosa em alusão à campanha. Faixas também foram afixadas em pontos estratégicos para incentivar as usuárias dos serviços de saúde a conversarem com médicos sobre o diagnóstico e a prevenção da doença.

Ao longo desta segunda-feira (2), haverá palestras gratuitas sobre temas como “A mulher e o câncer de mama” (Rosekeila Simões Romelini, médica), “Autoestima” (Viviane Almeida Côbo, psicóloga), “A importância da nutrição na prevenção do câncer de mama” (Tamires Cristina Pereira Xavier, nutricionista) e “Ser mulher portadora de câncer de mama” (Márcia Tarssio). A programação desse dia vai ser encerrada com apresentação cultural da Liga de Humanização Sarakura, da UFTM.

 

No dia 25 de outubro, mulheres com câncer de mama participam de um desfile realizado no auditório Esmeralda, do prédio da Reitoria, das 19h às 21h, também aberto à comunidade. Das 21h às 22h haverá apresentação do Conservatório Estadual de Música Renato Frateschi.

 

Até o dia 31 de outubro, das 7h às 19h, a população pode participar do Outubro Rosa doando lenços de cabeça que serão doados a pacientes com câncer de mama. A ação ocorre na portaria principal do HC-UFTM, na Avenida Getúlio Guaritá, nº 130, Bairro Abadia. A programação completa do HC-UFTM está disponível aqui.

Pagina 2 de 2
HomeBrasilisabelly Ir para o Topo

Últimas Notícias

Rádio